Relatório Cincozoeira

Já que temos um relatório diário, porque não fazer o meu sobre a festa?  Claro que não abrirei muito meu coração, sou seletiva ao fazer isso. Mas vou escrever um pouco sobre minha visão da festa.

As primeiras horas no Villa Flor foram de ansiedade e a “gincana” com a Martina e foi bem divertida, menos a parte da Nanda e da Day estarem super tensas. Afinal era chegada a hora do dia tão esperado (meses de trabalho resumidos em apenas um final de semana). Tudo tinha que dar certo. E deu!!! Parabéns meninas!!!! E muito obrigada!

Durante a recepção, eram poucos os rostos que conhecia, muitas pessoas que fazem parte das conquistas diárias da 5TI ali, reunidas para comemorar mais um ano de vida da empresa. Muita emoção durante a apresentação do vídeo, do brinde e após cantarmos o hino do rio grande, aquele arrepio ao gritarmos “ahh, eu sou gaúcho!” e o orgulho de fazer parte de uma empresa como essa.

Sobre nossas acomodações, sem comentários, ou melhor vou resumir dizendo que fiquei no Jambalaya Ocean Drive, quem ficou lá sabe do que estou falando. Afinal éramos acordados até com som de flauta…  (a vizinhança era bem interessante, em todos os sentidos. Pena eu só ter desfrutado disso na última noite).

Durante as refeições era o momento de se socializar (mas confesso que quando fiz isso foi durante as festas, entre uma bebidinha e outra).

Relacionamento, muito relacionamento era o que mais se via nesses dias e noites de festa. Mas algumas pessoas levaram muito a sério essa parte, a ponto de esquecerem que existia vida pessoal e que esta  estava bem próxima dali. Assim também como teve um pessoal que preferiu se especializar em drinks.

Além de conhecermos pessoas importantes acabamos conhecendo um pouco melhor aquelas  que convivemos diariamente. E assim tendo a possibilidade de termos um carinho, respeito e admiração ainda maior por elas. Ou então acabaram caindo no nosso conceito de vez!

Particularmente tive oportunidade de conversar com pessoas e mudar minha opinião sobre elas.  De conhecer outras e me sentir bem a vontade até mesmo para incomodar acordando elas cedo para o café da manhã. Detalhe: se dormi 3 horas nesses dias foi muito (coitadinha da Lu que ficou as duas noites no quarto comigo). Me senti super bem durante minhas conversas para elogiar, criticar e agradecer aqueles que colaboram para que não só eu, mas a Cinco TI amadureça ainda mais. Enfim… Espero não ter decepcionado, pois quando li a cartinha do Ramiro não entendi bem o que ele quis dizer com : “Pra cima deles”. Hehehe

Só em relembrar já bate uma saudade, uma vontade de quero mais. Até porque confesso que fui bem fraquinha na bebida, a Rita bebeu mais que eu. E até o Yama, ou japa louco (como é chamado por nós carinhosamente) falou que eu estava tri bem, que não havia bebido muito. Mas na de 5 anos prometo ficar pior que o Rogi e cair bastante durante uma dança e outra como muitos fizeram.

Vou ficando por aqui antes que realmente relate tudo que sei sobre o que rolou na festa e fora dela sem papas na língua.

O Fala, Cinco! é mais uma ação da 5TI com o objetivo de estreitar a relação com os nossos clientes, além de transmitir o nosso espírito empreendedor e experiências de mercado. Seja bem-vindo!

Conheça mais sobre a Cinco TI!

Tópicos recentes

Arquivos

avatar Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *